anti

Inventado nos anos 1960, medicamento revolucionou a contracepção e o comportamento. Mas tem sido questionado por mulheres que buscam menos hormônios e mais partilha de responsabilidade com os homens.

Muito mais eficiente para evitar a gravidez, impactou a autonomia das mulheres sobre o próprio corpo e possibilitou a tomada de decisão, por parte delas e das famílias, a respeito de querer ter filhos, além de quando e quantos.

Leia a matéria completa aqui

Compartilhe!