tratamento-politica

Iniciativas reúnem pacientes e ginecologistas que se preocupam com temas como parto humanizado e uso de copinho

Não basta atender pelo convênio médico. Mulheres estão buscando ginecologistas que respeitem diferentes orientações sexuais, façam parto humanizado, defendam o uso do coletor menstrual, e até respondam por whatsapp em caso de emergência.

Leia a matéria completa aqui

Compartilhe!